sábado, abril 09, 2005

Porque não consigo escrever um livro...

Tenho um limite psicológico para a quantidade de texto que consigo escrever por iniciativa própria, mesmo que quando tenho vontade de escrever, sendo que após escrever entre uma a três páginas de texto deixo de controlar a velocidade do meu pensamento e ultrapasso largamente a velocidade da escrita.

Um livro meu tem que primar pela diferença na própria escrita, para eu ficar satisfeito. Ao ler tem que ter algo de tão especial que se reconhece o escritor sem se ter informação sobre quem ele é, pela positiva, sendo uma mistura ainda não totalmente idealizada de factos, humor, aventura e reflexões...

Quem sabe um dia...

Sem comentários: