terça-feira, setembro 06, 2005

O que não é amor ?

" Já falou-se tanto em amor, amizade e paixão... Que tal falarmos o que não é amor?
Se você precisa de alguém para ser feliz, isso não é amor, É carência.
Se você tem ciúme, insegurança e faz qualquer coisa para conservar alguém ao seu lado, mesmo sabendo que não é amado, e ainda diz que confia nessa pessoa mas não nos outros, que lhe parecem todos rivais,isso não é amor. É falta de amor próprio.
Se você acredita que "ruim com ele(a), pior sem ele(a)", e sua vida fica vazia sem essa pessoa, não consegue se imaginar sozinho e mantém um relacionamento que já acabou só por que não tem vida própria e existe em função do outro, isso não é amor.É dependência.
Se você acha que o ser amado lhe pertence; sente-se dono(a) e senhor(a) de sua vida e de seu corpo; não lhe dá o direito de expressar, de ter escolhas, só para afirmar seu
domínio, isso não é amor. É egoísmo.
Se você não sente desejo; não se realiza sexualmente; prefere nem ter relações sexuais com essa pessoa, porém sente algum prazer em estar ao lado dela, isso não é amor. É amizade.
Se vocês discutem por qualquer motivo; morrem de ciúmes um do outroe brigam por qualquer coisa; nem sempre fazem os mesmos planos; discordam em diversas situações; não gostam de fazer as mesmas coisas ou ir aos mesmos lugares, mas sexualmente combinam perfeitamente, isso não é amor. É desejo.
Se seu coração palpita mais forte; o suor torna-se intenso; sua temperatura sobe e desce vertiginosamente , apenas em pensar na outra pessoa, isso não é amor. É paixão.

Depois de ter lido esse e-mail para uma pessoa ela me perguntou : Então, o que é o amor? Fiquei pensando muito no assunto e como sempre responderam pra mim. Terça feira na igreja o papelzinho da missa tinha o seguinte texto atrás...
Amar...
Um esposo foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava sua esposa e que pensava em separar-se. O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhe apenas uma palavra :
-Ame-a - E se calou
-Mas, já não sinto nada por ela! - Disse o esposo
-Ame-a - disse-lhe novamente o sábio.
Diante do desconcerto do esposo, depois de um breve silêncio, o sábio disse-lhe o seguinte:
"Amar é uma decisão, não um sentimento. Amar é dedicação e entrega. Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor. O amor é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente,regue
e cuide. Esteja preparado porque haverá pragas, secas, ou excessos de chuvas, mas nem por isso abandone o seu jardim. Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o,dê-lhe afeto e ternura, admire-o e compreenda-o. Isso é tudo. Ame!" (...) A vida sem amor... não tem sentido!"

"'Se você precisa de muitas palavras para dizer o que pensa, pense mais um pouco" (Dennis Roch)

3 comentários:

Spirit of Silver disse...

É capaz de ser mesmo isso. Pá mas de certeza que não te enganaste em nada? Quer dizer naquela da paixão eu dizia que era amor... Não pode ser o começo de um?

NeTeInStEiN disse...

Percebo o que queres dizer, e sim em parte tens razão, mas o que aquilo explicita é que nem sempre a paixão indica amor, era essa a intenção expressa.

Anónimo disse...

Hallo I absolutely adore your site. You have beautiful graphics I have ever seen.
»