quinta-feira, dezembro 15, 2005

O Crescimento...



Cresci... percebi que isso seria voltar a ser pequenino, simples e deixar de ser complicado.

Deixei de jogar, comecei a viver...

A vida não é triste, é triste é a forma como a vemos... aprendi, que aprender não é ser melhor que os outros, é ser humilde..

Aprendi que mais do que um olhar, um sorriso, e uma gargalhada, uma relação precisa de muita conversa e compreensão...

Percebi que não era "o que as outras pessoas me podiam oferecer", mas o que podíamos oferecer uns aos outros...

Percebi que liderar não é mandar.

Percebi que amar, não é estar apaixonado.

Percebi que não preciso de cem amigos, bastam dez... bastam cinco... bastam três.. verdadeiros amigos.

Percebi que o carácter não é o que fazemos quando alguém está a olhar, mas o que fazemos quando ninguém está.

Percebi que rir não é gozar e que fazer alguém sorrir é a melhor gratificação do mundo.

Percebi que a vida não se trata de onde chegamos, mas o que fazemos no caminho.

Percebi que viver é aprender, sonhar e amar....


[Este texto consiste na quinta parte do meu auto-retrato; as restantes partes poderás encontrar na secção Eu, subsecção Auto-Retrato da minha página pessoal.]

4 comentários:

Borboleta disse...

=)
o que te falta aprender entao?...
acho que nao cresceste...estás a crescer, não aprendeste...estás a aprender essas coisas todas que escreveste...
mas apesar disso o texto transmite uma calma muito bonita=)
Continua! eu vou voando por perto ;)

NeTeInStEiN disse...

;-)

aprendiz disse...

=) O texto está muito bonito...
Mas como diz a Borboleta.... é um curso, ainda estamos a caminho! ;)
Continua a escrever e a mostrar-nos tb!

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested