segunda-feira, março 21, 2005

O que move o mundo?

Já me perguntei bastantes vezes isto, e respondi a mim mesmo bastantes coisas diferentes, mas a verdade é que as respostas são bastante limitadas, e o dinheiro não se inclui nelas.

De facto, na vida existe apenas um grande motor, acreditem ou não se pensarem bem verão que o sexo é na verdade o maior motor para acções, boas ou más, alias, nem deveria estar a fazer um juizo de valor das acções, quaisquer que sejam elas.

De qualquer modo, enquanto lês isto deves estar a abanar a cabeça e pensar contigo mesmo que sou um rebarbado qualquer, por isso passo a explicar... através das várias reflexões que tive até grande parte das acções notórias que se dizem "religiosas" tem a ver que sexo, ou qualquer apelo sexual. Um exemplo simples, grande parte dos muçulmanos que se tornam homens-bomba fazem-no pelo que é prometido devido a esse "sacrificio", isto é "ir para o paraiso onde estaram 30 VIRGENS DE OLHOS ESCUROS E QUE NUNCA TERÃO O PERIODO" (epóca em que não é permitido pela religião que os homens se aproximem de forma sexual das mulheres).

Mas sim, a minha teoria tem uma falha, o amor... e como todos os paradigmas eu poderias apresentar uma explicação que fosse logicamente correcta para o amor derivar directamente de uma atracção sexual, mas não o vou fazer, prefiro que quem quer que leia isto o faça por si próprio, apenas pretendo que quem quer que esteja a ler isto tenha em conta que todas as ideias que tem dogmáticas, do tipo do amor, fé, etc..são altamente influências pela geração em que está, e pelas pessoas que o cercam. Seria impensável à alguns séculos atrás a mulher escolher o homem com o qual iria passar toda a sua vida...

Eu como apaixonado pela história antiga, também gostava de partilhar convosco algumas das coisas que tenho aprendido, e as quais me tem apanhado de surpresa, mas que cada vez mais tem feito sentido... e se lhe disser que na cidade do Vaticano o sitio que homenageia Maria, mão de Jesus era na verdade antes um templo à deusa mãe da antiga cultura que ali era adorada antes do cristianismo? Isto parece bastante diferente do tema que comecei por abordar, mas após uma breve reflexão é fácil de compreender como a história e a mente humana são capazes de distorcer, ou mais correctamente, alterar segundo padrões actuais as ideologias anteriores a elas.

Assim deixo uma pergunta, será que o amor não é mesmo uma derivação da forte atracção sexual entre duas pessoas? E não se engane, por sexual não me refiro de todo apenas ao corpo e beleza, mas a toda a co-relação entre beleza-atitude e personalidade que transbordam quando vemos uma pessoa, conhecemos uma pessoa... amamos uma pessoa...

Talvez esteja errado, de certo que muitos dos poucos que lerem isto dirão que sou doido, se for do sexo feminino irá dizer que estou a simplificar relações até um pouco que não são simplificáveis, ou não deveriam ser... talvez seja assim... mas sou um observador e pensador por natureza e tal como evito ao mínimo os meus reflexos interiores de inteligencia, loucura, e todos os outros, também nunca reprimirei os de reflexão e abstracção...

Sometimes i think i just wish i could fly, i would love to be an angel.. but possible i'm just schrizophenic... or simply a fool insane...

sábado, março 19, 2005

Pergunta do dia

Será que os pilotos de um jacto a velocidade acima do som se deixam se ouvir a si próprios tal como deixam de ouvir os motores do jacto?
If you ever feel like you're gonna fall - oh i'll be there
and if you ever feel down or feel small - oh don't despair
and if you ever feel lost or feel alone - babe c'mon home

lets just make love - all night
lets just hold on - so tight
lets make it last - for life

i won't let you go
ya we're flying - feels just like flying
we're such a long way up - from the ground
just u and me flying - so high 'n i'm never gonna come down
every time you turn around and wanna run - oh come to me
when every little dream comes undone - oh don't worry

lets just make love - all night
lets just hold on - so tight
lets make it last - for life

i won't let you go
ya we're flying so high and...
we're never gonna come down... you and me


Bryan Adams - Flying

domingo, março 13, 2005

...everybody has wings, some ask why... others teach us how to fly...

sábado, março 12, 2005

Não posso/quero acreditar...

Não posso/quero acreditar..

...num Deus que castiga.

...em Jesus que num juizo final separa bons e pecadores.

...num sitio a que chamam inferno.

...num Deus que pede a um pai para matar o filho.

...num Deus que anaquila um planeta excepto uma arca.

...numa igreja que por algum motivo tem milhões de euros enquanto gente morre à fome.

...numa igreja que esconde os seus arquivos.

...numa igreja que não confia no seu "povo" ao ponto de "proibir" o uso do preservativo por este levar a "falso sentido de segurança em relações não correctas".

...numa biblia que foi readaptada através dos tempos conforme as "necessidades" dos governantes e cleros de cada altura!

...numa raça que é dita "superior" e que anaquila, pouco a pouco, todas as outras até a si mesma.

...numa igreja que se acomoda e prefere manter datas de festejos provavelmente falsas que substituiram outras de outros cultos a investigar e descobrir uma possível verdade.

...em não "pecar" por medo de punições "after-live".

...num santuária no sitio de uma aparição que é um centro de capitalismo e sucção de dinheiro aos seus visitantes.




ACREDITO SIM...

...num Deus com compaixão!

...numa pessoa que existiu sem qualquer dúvida, Jesus, que admiro!

...nos gestos de amor!

...numa alma limpa!

...na paz!

...na amizade!

...na vida!

...numa busca eterna pela verdade interior, procurando também a verdade histórica!

...num sorriso!

...num olhar!

...na tranquilidade/felicidade ao dormir!

...no dar sem esperar receber!

...numa igreja transparente!


...


Acredito sobretudo em sitios como Taizé...e em alguns amigos como tenho a sorte de ter... e acredito que podemos ouvir o que existe para além de nós, basta fechar os olhos e ouvir...!

quarta-feira, março 09, 2005

Irrita-me...

Irrita-me...

...não ser valorizado pelo trabalho que faço.

...merecer algo e não o receber.

...ver alguém que não se esforça por algo receber, enquanto eu me esforço e nada.

...apetece-me mandar alguém à merda e não poder pelo seu "estatuto" perante mim.

...ver gente a ser injustiçada.

...gente ignorante e que não aceita outras opiniões senão a deles próprios.

...gente que tem o rei na barriga.

...gente que é "má"... ou pensa que é.

...gente que vive para não deixar viver.

...gente que me tenta influênciar.

...gente que me influência sem eu notar.

...gente que fica escandalizada quando digo "merda".

...gente que só faz *merda* e depois vem dar lições de moral.

...gente que é mais calculista que eu.

...gente *inocente* demais.

...gente *inocente* a menos.

...gente que distorce informação.

...gente que não aceita que errou.

...quem faz algo porque alguém também o fez.

...quem se preocupa muito com a aparencia fisica e pouco com a intelectual.

...gente que eu não consigo irritar quando quero.

...gente que não aceita entrar numa boa *discussão*.

...alguém que desiste a meio de uma *discussão*.

...irritar-me!