quarta-feira, abril 05, 2006

Apetecer != Sentir bem



Há algum tempo disse a um amigo meu que não me "apetecia" fazer uma certa coisa.. na altura ele disse-me "Tu melhor que ninguém sabes que nem sempre devemos seguir o que nos apetece...".

Na verdade, já tinha conversado com ele sobre isto, mas a verdade é que a partir dai e por algum tempo pensei bastante sobre isto.. e sobre o que é realmente apetecer, querer e sentir-mo-nos bem com algo...

Primeiro e antes de tudo há que distinguir as várias coisas, apetecer - vontade que chamaria instintiva ou menos reflectida.. ; querer - vontade consciente para atingir um objectivo...

"Sentir bem" acaba por ser o resultado da nossa acção ao seguir um "apetite" ou um "querer"... caso vejamos que optamos bem.

Tendo clarificado as bases, prossigamos o raciocínio...

Ao termos qualquer liberdade de escolha, seja ela uma coisa importante, como escolher o nosso curso discernindo a vocação, ou levantar-mo-nos ou não da cama para ir a uma aula temos sempre um apetite e um querer, que chamaria mais vontade de fundo que podem ou não ser comuns... se tivermos cansados obviamente queremos dormir mais, mas sabemos que devemos ir à aula...e provavelmente queremos ir... e então como escolher..?

Aqui é onde entrava algo em conflito na conversa com o meu amigo, eu aprendi a optar não por ser um apetite ou um "querer", mas pelo que me sinto melhor a fazer, sendo que sei, pelos meus valores e princípios que nunca me vou sentir bem a romper com eles, ou seja, nunca vou entrar em conflito com o que defendo, penso ou acredito, sentindo-me bem.

Isto também simplesmente serve para percebermos quando tomamos uma acção errada...mesmo não estando totalmente conscientes disso, há algo que nos vai incomodando.. normalmente basta pararmos um pouco para percebermos que erramos.. mas para isso é preciso ter vontade de parar a fazer silêncio...

Recuso-me a fazer algo apenas por fazer... se à partida sinto apenas como dever, algo está mal, e a primeira coisa que devo fazer não é fazê-lo, mas sim parar, e pensar porque está aquilo e acontecer e porque não sinto um desejo alegre para o fazer...

Estudo.. porque me sinto bem a aprender.
Sou cristão..porque sinto que faz sentido.
Adoro discutir...porque é assim que cresço.
Amo..porque é o que há de mais perfeito no mundo.

E tu, como decides p'ra onde avançar?

Ps: != é o símbolo de diferente na informática...

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.