domingo, maio 07, 2006

Espaços...



Computer games don't affect kids; I mean if Pac-Man affected us as kids, we'd all be running around in darkened rooms, munching magic pills and listening to repetitive electronic music." - Kristian Wilson, Nintendo, Inc. (1989)


Familiar?

A verdade é que não iria tão longe, mas fascina-me o que cria um ambiente de atracção nas discotecas, e confesso-me já um não-admirador de discotecas para que tenham a noção que a minha opinião pode estar moldada, um pouco, também pelo meu desgosto por este ambiente...

Tive a reflectir porque atraia a "noite" tanta gente, e acho que tem muito a ver com a falta de espaços "comuns" de comunidade, onde possamos conhecer pessoas... a maioria dos jovens que vai a uma discoteca vai para conhecer pessoas se possível, utiliza a bebida para teoricamente se "desinibir e divertir", (coisa que acho que é possível sem ela..estar bêbado é apenas uma maneira simples de se ser desinibido e ter "desculpa" para fazer parvoíce, sem ter coragem de fazer isso "sóbrio")... na verdade acho que este é em geral o lado mais masculino, quanto ao lado mais feminino tem bastante a ver também com o gosto pela dança que neste momento tem poucos espaços sociais.. é um pouco a evolução e substituição cultural dos "bailes"...

Socialmente cada vez mais há uma lacuna em termos de espaços sociais para as pessoas estarem em comunidade... as pessoas vão do trabalho para casa e vice-versa e acabam por não expandir o circulo de pessoas que conhecem... e isso pode-se tornar problemático ao mudarmos de cidade, ao perdermos o contacto um pouco com os amigos que temos ou em outras situações que nos isolem mais ainda...

Pessoalmente, em termos de espaços de convivência acabo por ter algo "sorte", por ter várias actividades extra-curriculares que acabam por me criar espaços de convivência com vários amigos, e pessoas que vou conhecendo... mesmo não os tendo prefiro sempre uma conversa de café a uma ida à discoteca... uma conversa, a uma dança... ao extremo, ficar a ler um livro em casa... mas isso provavelmente já advém da minha personalidade...

Acho que no fim de contas, não vou porque no fim da noite iria achar que foi uma noite vã, que "espremida" não tirei nada... e para mim isso é perda de tempo. Atenção que não acho que estar com amigos, rir, fazer parvoíce, etc... é perda de tempo, mas acho que ao estar numa discoteca ou espaço semelhante não estamos realmente com alguém...

Divertir-me sim...perder tempo, nah!

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.