domingo, julho 23, 2006

Conversas de café



Gosto de ir ao café...

Não por beber café (que não bebo), não por sair de casa, mas pelas conversas agradáveis que por vezes encontramos quando vamos com amigos...

Hoje tive uma conversa muito agradável. Fiquei a reflectir, e depois de algum tempo aqui a pensar ficaram-me algumas conclusões algumas directamente pela conversa, outras indirectamente...

Hoje fiquei a pensar no nível de exigência que temos nas coisas que fazemos e percebi a hierarquia que tenho, sub-conscientemente sobre o que faço...

Primeiro que tudo, tento ser compreensivo, pela situação, para com as pessoas, para com o objectivo final. Nem sempre vemos tudo o que se passa, logo daí compreendo que tenho que ter algum tacto para com as pessoas com que lido.

Segundo, (talvez último), tendo ser exigente ao máximo, não vale a pena fazer uma coisa se não nos dedicamos ao máximo a ela... é um bocadinho, "o sim ou sopas"... para mim não faz sentido fazer alguma coisa sem ser a 100%, seja uma coisa "em grande " ou algo insignificante.

Acho que é das pequenas e insignificantes coisas que se fazem coisas grandes, e é exigindo de nós próprios e em seguida dos outros, (para mim esta ordem é essencial), que alguma vez vamos conseguir algo que nos ultrapasse... e cresça por si.


Acho que foram estas as "regras" que sempre segui desde que lidero pessoas, seja nos projectos que tive "virtualmente" seja nos "não-virtualmente"...

Compreender, exigir, vencer!

Será este o meu mote?

2 comentários:

Ilhota2 disse...

O que somos na vida real devemos sê-lo no virtual também.Embora uma grande parte se esconda por trás de nicks para ofender os outros.A esses só resta ignorar.
Interessante a tua observação.

Anónimo disse...

Hum... E tudo começa com uma ida ao café... :)


Não sou uma pessoa que vá muito ao café... Talvez por não beber... Talvez por não encontrar o café adequado. :) O único café em que realmente gosto de estar é no Porto... E é dos locais ideais para eu escrever, desenhar... Reflectir... :) Acompanhada é... Sempre algo estranho. Fumos, barulho... O meu local será algo mais parecido a um lago... Com relva... Calmo... Com uma brisa leve... Cheio a flores e... A vida. A Natureza. :)


Mas... De facto, é importante exigirmos algo maior de nós. E importante sabermos motivar os outros a exigirem o mesmo deles... E talvez aí me dissuada um pouco da ideia do "exigir" dos outros. Talvez pelo "peso" da palavra... Talvez pelo significado em si. Dedicação é sempre o mais importante em tudo... Assim como persistência e... Vontade. :)


Conseguimos sempre algo que nos ultrapassa e, no fundo... Tudo cresce por si... Ainda que nem sempre o consigamos ver... :)



As regras que segues... Embora prefira chamar-lhe valores... São nobres. :) E o que mais importa... Têm resultado, não têm? :)


Os projectos são sempre importantes... Continua a dar 100% de ti àquilo que gostas e acreditas... É das melhores coisas da vida. :)