segunda-feira, julho 17, 2006

Patinho feio



Quem é que já não se sentiu assim?

Especialmente na adolescência, ou mesmo quando crescemos e vamos ou estamos em algum sítio onde realmente ninguém parece ligar-nos a minima atenção...

Quando há vedetas, e sentimos que somos apenas uma sombra...

Quando temos aquelas crises de *toda a gente é melhor que nós*... ou então temos algum ídolo e realmente achamos que nunca seremos como ele...


E em certos momentos passamos a ídolos... a nossa memória rapidamente apaga-se, deixamos de nos lembrar que é mau ficar à sombra de alguém, que as vezes é importante não falar apenas com quem gostamos mais ou nos damos melhor... ficamos meio cegos pelas luzes da ribalta... e tão tentadoras que elas são...

E a partir desse momento fazemos tudo para não sair da luz, ficando viciados no seu efeito... estar entre amigos e ter todos com atenção apenas a nós, fazendo-os rir por exemplo...


Aprendi que isto embora até possa parecer, não é díficil...

Díficil sim, é termos a consciência do que realmente se passa à nossa volta... que um amigo nosso esta a rir mas precisava mesmo era de falar connosco... que um amigo está menos bem, porque não passar-lhe as atenções, mostrar-lhe que também ele é capaz de fazer rir, e que as pessoas estão ali capazes de o ouvir por toda a noite...


Crescer é ver que somos capazes de mover o mundo, mas que o mundo não está centrado em nós...


No fundo, sou um patinho feio, mas com orgulho, um perfeito anormal, alguém que diz o que ninguém está à espera, que consegue ser o centro das atenções, mas que muitas vezes o deixa de ser por achar que é a melhor opção...

Patinhos feios.. somos todos... para cisne basta-nos ter a luz das atenções, e rapidamente as nossas penas mudam do preto da sombra, para o branco da luz... e sorrimos por dentro, "afinal também sou capaz"...

Mais do que com confiança, tem a ver com atenção...

Distinguem-se as pessoas pela atenção com que estão quando estão no "ascendente" cisne...

Mais do que com beleza, ser cisne é conseguir passar alegria às outras pessoas...se estão com alguma dúvida pensem se as pessoas que gostam mais são as maiores top models do mundo ou se são as pessoas com que vocês vão quando estão mais tristes...

Confesso que tenho alguma necessidade às vezes de ser cisne para ter atenção... mas tento nunca esquecer o meu lado de patinho...

Vale a pena ser patinho feio!

4 comentários:

Anónimo disse...

Outro dia falava com alguém precisamente sobre isto e disse: "Porque é que eu tenho que me sentir sempre o patinho feio?" e a resposta dele... :) "Talvez sejas a única pessoa a não ver o lindo cisne que és..."... E foram as palavras mais bonitas que me disseram até hoje. :) No entanto acho que todos, no fundo, temos ambas as opções dentro de nós... Somos o patinho feio e... Somos o cisne encantado. :) No entanto, o patinho feio não é feio... Apenas é diferente. :) E o cisne... O cisne é lindo por ser apenas maior e mais chamativa que todos os outros patinhos... Ou seja... Não é o patinho feio que se torna bonito... Nem os outros patinhos que se tornam feios... É apenas o "milagre" do crescer... :) Na Natureza... Nada se cria... Nada se perde... Tudo se transforma... :) E, neste aspecto, concordo irremediavelmente com o nosso Lavoisier. :) Quanto às nossas "crises"... Muitas vezes egoístas... Apesar de haver sempre alguém que está melhor que nós... Há sempre alguém que está pior. :) No fundo o Mundo é apenas uma... Constante de equilíbrio. :) É bom sabermos reconhecer sempre os nossos lados de "patinhos feios" e, acima de tudo, reconhecermos também os nossos lados de "belos cisnes"... :) E talvez aí entre, de facto, a atenção... :) Afinal, quem não precisa dela? Quem sabe um dia não aprendemos todos a lidar com ela...? :) Quem sabe...


Ser patinho feio é das melhores coisas que pode haver... No fundo... Sabe-me tão bem. :)

Ilhota2 disse...

Muito fixe o teu blog.E vivam os patinhos feios.Hip Hip Urra!

Olga Correia disse...

Encontrei-te no blog da Ilhota2 e vim espreitar.

Adorei a frase "ser cisne é conseguir passar alegria às outras pessoas...". Grande verdade.

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested