segunda-feira, setembro 25, 2006

Pensamento do dia


Todos os trabalhos que não envolvam inovação, são no fundo, autómatos finitos determinísticos ou não-determinísticos, ou seja, podem ser eventualmente substituidos por máquina(s) de Turing, ou vulgarmente chamando, computadores.

1 comentário:

Luís disse...

Por vezes gostava de ser um autómato...