sábado, março 17, 2007

TV



Ultimamente irrita-me ver televisão...

Se tivesse isolado do mundo e visse apenas televisão diria que todo o mundo está decadente e podre, que a economia é a coisa mais preocupante do mundo e que as OPA e a Ota são os temas de conversa mais interessantes.


Pergunto-me se não há peças de reportagem mais interessantes, especialmente mais positivas... precisamos de esperança, não de gente a dizer que lhe aconteceu tudo de mau na vida. Elas existem, e precisamos de ter consciência disso, mas tudo em dose certa... senão entramos num ciclo vicioso.

Não existe um programa em horário nobre que seja sobre ciência (exceptuando talvez o CSI que mistura um pouco), um programa sobre invenções e mesmo os programas de comédia não são assim tão frequentes... será que quando vamos para a frente da TV queremos mesmo por o cérebro de férias?

Eu começo a deixar de ver os canais "abertos" e virar-me para a televisão por cabo, especialmente Discovery, porque realmente passam coisas que eu acho que são minimamente interessantes, e não servem apenas para por o cérebro de molho.

Depois, sem "ninguém" perceber bem, vem uma peça com esperança, sobre coisas reais e boas e é um êxito repetido dias a fio... no entanto ninguém parece perceber que é fácil ter mais peças assim.


Talvez tenha gostos fora do espectro mais global...

...mas decididamente acho que são mais saudáveis...

2 comentários:

Rui Luís Lima disse...

olá

se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

paula e rui lima

Tozé Franco disse...

parece-me que só a desgraça vende, infelizmente.
As histórias positivas estão sempre em segundo plano. É pena.
Um abraço.