terça-feira, julho 03, 2007

Ciclos


Vivo muito por ciclos, há pouco tempo numa conversa alguém que gosto muito, disse-me: "vives para o teu próximo objectivo".

Fiquei a pensar nisso...

Percebi que muitas vezes é verdade, é-me difícil em geral olhar muito para o futuro, tenho sempre a tendência de estar muito atento ao presente e ao que se passa a curto e médio prazo, porque é fácil de prever...

Na mesma conversa chegamos à conclusão que tipicamente não sou muito de arriscar, o que em algumas coisas também é verdade, talvez esteja tudo um pouco relacionado...

A verdade, é que acabei por me habituar a fazê-lo, agora provavelmente porque tenho muita coisa, e seria difícil gerir tudo do presente e ainda o futuro...mas no passado, quando não as tinha também tinha dificuldades... muitas vezes porque gostava de imensa coisa, tinha imensos caminhos que não me importava de seguir...
Para além de ponderar bem quais queria mais, o presente acabou por influência as minhas decisões, felizmente, não me arrependo das grandes decisões que tomei.

Se me tivesse arrependido de alguma, pergunto-me se isto teria feito diferença na minha maneira de estar...

Por agora vivo um bocado por ciclos, guio-me muito pelos próximos objectivos, e em consequência disso, tenho momentos de grande alegria, e alguns não tão bons, mas continuo a avançar... a cada objectivo alcançado fico bastante contente...se o falho, algo desiludido... as vezes é difícil relativizar porque estou concentrado apenas neles... pelo menos até seguir até ao próximo...


Será isto um escape que usei pelas coisas que tenho...

...ou uma tendência minha visando a segurança?

Sem comentários: