terça-feira, agosto 28, 2007

Envy



Hoje vi este filme...

Apetecia-me ver uma comédia, e foi uma coincidência engraçada porque andava exactamente a reflectir sobre a inveja.

É um filme sobre dois grandes amigos... um deles esforça-se por trabalhar por enriquecer... e o outro com uma ideia que parece aparvalhada enriquece subitamente... dai nasce um enredo de inveja e situações inusitadas... deixou-me a pensar.


Uma vez disseram-me que não tenho tiques de filho único... a verdade é que acho que as vezes tenho, ou talvez nem tenha a ver com isso, não sei bem, a verdade é que já por vezes senti surtos de alguma inveja, que me faziam ter reações realmente estúpidas.

Lembrei-me de um jogo que fiz este ano no campo de férias... em que as pessoas são divididas por classes sociais, ricos, médios e pobres e vivem o dia segundo isso, trabalhando ou não, comendo bife, ou apenas um pão... lembrei-me da revolta que via nos olhos dos pobres...

Em relação a bens materiais acho que nunca tive muito isso, não acho que por ter mais ou menos coisas vá ser mais ou menos feliz... sempre tive essa noção... mas estupidamente não conseguia fazer o meu inconsciência perceber o mesmo em relação a poder conhecer países, outras cidades, viajar... sentia que queria conhecer mais, queria viver mais... e depois ficava extremamente furioso com a minha irritabilidade...

Ultrapassei isso, finalmente... senti-me bem.

Fiquei a pensar porque ultrapassei, ou porque era assim... voltei ao jogo dos ricos e pobres... e lembrei-me que esse jogo é um capítulo inserido num grande livro de igualdade onde todos são iguais e fazem as mesmas coisas...

Talvez reviver o próprio jogo me tenha ajudado a viver bem com o que tenho, sonhar, mas sem aquela força negra que me fazia irritar... queria ser ditador do bem, ver todas as coisas iguais, quando na realidade somos todos tão diferentes...

Curiosamente custou-me a partilhar isto, por expor uma parte muito negativa, que normalmente não transpareço...

Isto sim é crescer..

...pelo menos, espero que sim!

Sem comentários: