sábado, março 31, 2007

Arrumações



Há tarefas aborrecidas, arrumar material de campos de férias sempre achei que encaixava na categoria: "Necessária, mas aborrecida".

De qualquer maneira, sempre fiz um esforço por o fazer, dado que usufruía dele.

Hoje, depois de 11 horas a arrumar, a dar o máximo, todo roto e a cheirar pior que as tendas senti-me bem... 10 pessoas conseguiram algo que às 10 da manhã, quando estavam ainda apenas 5, parecia inatingível.

Até mais que isso, conseguimos fazer coisas que nos surpreenderam a nos mesmos...

Há tarefas que embora sejam tipicamente "aborrecidas"...

...podem trazer surpresas e sentimentos de realização :-)

sexta-feira, março 30, 2007

Estudos



Um estudo recente da BBC indica que os jurados num julgamento tem a sua decisão afectada pela beleza do/a acusado/a...

Será que a beleza realmente afecta a nossa vida mesmo nas coisas que não damos conta disso...

...ou ainda é a visão redutora de alguns?

domingo, março 25, 2007

Páscoa (Inaciana)

Este ano tive a sorte de ser convidado para passar uma Páscoa diferente...

Uma Páscoa Inaciana *, alguns dias antes do dia de Páscoa, mas simbolizando esse mesmo dia.

É bastante raro falar sobre as minhas crenças de fé neste blog, talvez porque não ache que faz muito sentido dizer "Olá, sou o Pedro e sou católico", (porque no fundo este blog é apenas uma "camada da minha cebola", (analogia do Shrek :-) )... talvez também porque considere a minha fé algo que bastante intimo.

Opções à parte, hoje optei por partilhar uma reflexão que tive durante os 4 dias que tive o privilégio de estar a "animar" esta Páscoa.

Para quem eventualmente não saiba a Páscoa são os últimos momentos que Cristo vive, até ser crucificado e segundo as crenças católicas ressuscitar.

Dado isto, a minha reflexão foi um pouco mais generalista, partindo da Páscoa, e tendo como ponto assente que Jesus Cristo existiu, independentemente do que cada um acredite, como homem, está provado que existiu, pensei o que levaria alguém a lutar tanto por um ideal que o levasse a ser morto por isso...

Imediatamente surgiram-me ideias actuais de bombistas suicidas a matarem-se pelo que acreditam... mas rapidamente pus a ideia de parte, porque embora a morte esteja em comum acaba ai, um bombista pretende matar-se e causar dano, Jesus foi morto.

Dai continuei a pensar... pensei em Galileu, que sabia, ou acreditava que a Terra era redonda, mas que negou a sua ideia para não ser morto. Ele optou viver, continuando a acreditar.. preservar-se, preservando também a sua ideia, mas tendo como objectivo principal a sua própria vida. Era de certo também a minha opção...

Voltei a focar-me em Jesus... de certo era louco, podia ser um louco, esquizofrénico sem mínima noção das consequências, ou podia ser um louco pelo seu ideal, neste caso a humanidade.

Dado que gosto bastante de ser racional, e achei que o pensamento até aqui tinha alguma coerência, achei interessante continuar. Foquei-me nos momentos principais de sofrimento... e reparei no pormenor que Jesus podia ter optado por negar também a ideia que o levou a morrer, negar o que tinha antes dito que era filho de Deus bastaria para não ser morto... no entanto estranhamente, e contrário ao que provavelmente todo o homem actual e lúcido faria, não o fez, manteve-se em silêncio quando poderia salvar-se.

Isto fez-me confusão...

Mesmo sem pensar em termos de fé, é uma decisão estranha... mesmo um louco, ao levar chicotadas iria com a dor lutar para que ela não se repetisse... mas Ele aparentemente não o fez...

Bem, assumamos que era um louco total, podia ter sido, e que embora aparentemente eloquente a falar com o povo, tão eloquente que reunia imensa gente que o faz ainda ser falado hoje, e marcamos o ano pelo sua possível data de nascimento, assumamos que ele apenas não negou por não estar ou ser lúcido.

Então, continuei o meu raciocinio, e foquei-me noutras pessoas, os seus seguidores que aparentemente o negaram inicialmente, mas que após algo, espalharam-se pelo mundo para ensinar o que Ele lhes ensinava... o que poderia ter despoletado isto?

Dado que com medo inicialmente nenhum deles disse nada o que poderia ter despoletado essa vontade que poderia também para eles dar em morte... a qual era quase certa... No entanto todos avançaram para vários países do mundo, e alegadamente 11 dos 12 foram mortos pela sua convicção, provavelmente crucificados...

O que faria 12 homens arriscarem a sua vida apenas por um louco?

O que faria o mundo acreditar em 12 loucos que acreditaram num louco?

A fé pode não ser racional, mas as conclusões para um lado ou para o outro creio que podem bem ser, e esta pode ser uma base, para qualquer uma das conclusões.


Pessoalmente acredito, no entanto, acho tão valida a minha crença como todas as outras fundamentadas em algo histórico que existem. Talvez dai também um pouco a minha opção de não falar muito sobre fé.

Fé aparte, as "igrejas" são normalmente as coisas polémicas, mas acho que isso é secundário quando temos uma questão central como esta que envolve a nossa própria história enquanto humanidade e a maneira como vemos actualmente o mundo...


Achei que devia partilhar isto...

...embora obviamente aceite opiniões contrárias.


* Páscoa Inaciana: É uma actividade feita por alunos dos colégios da Companhia de Jesus, em que passam 4 dias a aprofundar o seu conhecimento sobre o que é a Páscoa para os católicos.
Junto destes alunos vão ex-alunos para "animar", (meu caso), e alguns jesuítas.

sábado, março 24, 2007

Vídeos



Seguindo a ideia "uma imagem vale por mil palavras" começarei a por no blog também alguns vídeos, mil imagens seguidas devem valer por milhões de palavras...

Fora a piada, irei começar a faze-lo ao contrário do que fazia até agora, pondo só os links para eles.

Espero que acrescente qualquer coisa ao blog de positivo.

sábado, março 17, 2007

TV



Ultimamente irrita-me ver televisão...

Se tivesse isolado do mundo e visse apenas televisão diria que todo o mundo está decadente e podre, que a economia é a coisa mais preocupante do mundo e que as OPA e a Ota são os temas de conversa mais interessantes.


Pergunto-me se não há peças de reportagem mais interessantes, especialmente mais positivas... precisamos de esperança, não de gente a dizer que lhe aconteceu tudo de mau na vida. Elas existem, e precisamos de ter consciência disso, mas tudo em dose certa... senão entramos num ciclo vicioso.

Não existe um programa em horário nobre que seja sobre ciência (exceptuando talvez o CSI que mistura um pouco), um programa sobre invenções e mesmo os programas de comédia não são assim tão frequentes... será que quando vamos para a frente da TV queremos mesmo por o cérebro de férias?

Eu começo a deixar de ver os canais "abertos" e virar-me para a televisão por cabo, especialmente Discovery, porque realmente passam coisas que eu acho que são minimamente interessantes, e não servem apenas para por o cérebro de molho.

Depois, sem "ninguém" perceber bem, vem uma peça com esperança, sobre coisas reais e boas e é um êxito repetido dias a fio... no entanto ninguém parece perceber que é fácil ter mais peças assim.


Talvez tenha gostos fora do espectro mais global...

...mas decididamente acho que são mais saudáveis...

domingo, março 11, 2007

13


;-)

sábado, março 10, 2007

Finalmente...


Um dia para descansar...

Nunca rendi em todas as áreas tanto como agora...

Mas a verdade é que perdi algumas coisas, uma delas é o tempo que tinha para simplesmente estar. Sentar-me, ler um livro, ver tv assim meio a babar-me, pensar, divagar....

Vegetar como costumo dizer...


Acho que tomei a opção certa...

... mas mesmo tendo consciência disso, este ritmo é avassalador...

sexta-feira, março 09, 2007

Ajuda


Gosto imenso de ajudar pessoas...

Dá uma sensação imensamente boa de "recompensa" depois de termos conseguido fazer algo por alguém, seja um amigo, ou um desconhecido...

Mas ultimamente tenho tido um retrocesso... sinto que o número de pessoas que me pede ajuda, é de facto maior, do que os que de facto consigo ajudar, de uma forma saudável para mim.

Surgem-me então duas hipóteses lógicas: ajudar e sentir o cansaço em excesso resultante ou recusar e ver a reacção as vezes não tão boa das pessoas, que pediram a um amigo uma ajuda.

As vezes ser um "nerdzinho" da informática não é positivo...

...o positivo da coisa, é que se os "nerds" tem poucas capacidades sociais, então inverti a causa-efeito.

terça-feira, março 06, 2007

Dia especial


Muita correria, casa, departamento, aulas ... aulas, departamento, casa...

Um comboio perdido... mas sem desmoralizar, a viagem não podia deixar de ser feita...

Uma chegada, e um sorriso, só isso bastou para recompensa...


Um jantar entre amigos, riso e alegria... e uma saída para um sítio muito incomum... um tasca onde a liberdade a música e o bem estar sem misturam...

Uma cultura muito inesperada, e tremendamente boa.

Foi uma tentativa para criar um dia especial...

...espero ter conseguido.

domingo, março 04, 2007

Em busca do sítio...


Ainda um sonho me deixava meio a voar...

Já partia para outro, em busca, não muito longe...

Um sítio calmo, verde...acalmou-me...

E com a boa companhia a ajudar...


E pouco depois, começavam o telefonemas "queres fazer parte do nosso sonho?"... é mesmo um privilégio poder fazer esta pergunta e sentir a reacção positiva das pessoas...


...só posso dizer que tem sido uns dias muito bons!

sábado, março 03, 2007

Sonhos...

Desde há alguns meses sonhava com 2 dias de encontro...

Era um sonho onde todos se esforçavam ao máximo para além das forças que julgavam que tinham, para conseguir que 2 dias, fossem simplesmente brutais...

Era um sonho onde muita, muita gente chegava o fim com um sorriso na cara, algumas lágrimas na despedida e uma felicidade bem lá dentro inexplicável...

Era um sonho que tinha uma força imensa dentro de mim...

Agora, só posso dizer...


...OBRIGADO...

...realizou-se o meu sonho!