quarta-feira, agosto 20, 2008

Verdade

Já me tinha apercebido que não dizer a verdade, é muitas vezes mais confortável do que a dizer.

Nem precisa de ser nada de especial... basta não nos apetecer ir tomar café que as vezes quase automaticamente dizemos que nos dói a cabeça, ou que já estávamos deitados... e depois ficamos a pensar que não tinha mal nenhum ter dito a verdade... mas o automatismo da mentira foi mais forte.

Há dias vi na SIC um anúncio a um novo programa que me chamou a atenção, "basta responder a 21 perguntas de forma verdadeira e recebe-se um prémio"... fiquei curioso...

Achei no YouTube a versão americana, "Moment of Truth":



21 Perguntas, 1 concorrente ligado a uma máquina detectora de mentiras... e a família



Fiquei boquiaberto...

Nunca tinha realmente pensado o que aconteceria se realmente disséssemos sempre a verdade... as próprias pessoas que ouviam pareciam não estar preparadas...

Mais ainda com o que as pessoas estavam dispostas a expor num programa quando provavelmente nunca o fariam junto da família, num ambiente mais privado... soa a Big Brother da mente...

Pergunto-me se o espaço da mentira é mesmo necessário ou se é apenas o ambiente errado para ser verdadeiros...

O que aconteceria se fossemos sempre autênticos?

Será que é mesmo necessário o espaço de protecção pessoal da mentira ou é apenas um conforto supérfluo?

E tu...

...tens (muitas) coisas que não gostarias de ver reveladas?

Ps: Para perceberem mais o meu choque procurem por "Moment of Truth" no youtube e vejam excertos do programa para além da publicidade que pus aqui no blog...

Sem comentários: