sexta-feira, janeiro 02, 2009

Mamoas há muitas, palerma!



Ir a Aveiro tomar o pequeno-almoço pareceu-me pouco (nem perguntem...), então fui tentar encontrar a Mamoa no Mamodeiro...

Tentar é a palavra certa, e depois de 45 minutos, muito pinhal, lama, e de me rir várias vezes da minha própria figura voltei para casa...

Mas vá, estive mais perto da mamoa do mamodeiro que quase todo o mundo...

...ou pelo menos quero acreditar...

3 comentários:

Anónimo disse...

Já por duas vezes que procuro no local referido como MAMOA o dito monumento.... e infelizmente não encontrei nada.....A região de Aveiro protege muito pouco o seu patrimonio arqueologico, quando felizmente tudo leva a pensar que existe em grande quantidade... Ontem fui ao Forno de Eixo e fiquei muito triste com o que vi,,,, Tambem passei na UCHA (celeiro) em Salgueiro e penso que o edificio deve ser recuperado e transformado em museu pois dá ideia ter sido um celeiro real pois tem um escudo nacional encimado por uma coroa.


Cumprimentos

Antonio Angeja

Anónimo disse...

Ola,
este verao tambem tentei ir ver a tal mamoa (estava intrigado pelas placas na estrada). Segui as placas e nada. Perguntei a populares e disseram me que era la para os pinhais (mas que nunca la tinham ido).
Estranho!
Nao e a primeira vez que me acontece seguir placas na estrada que nao dao a nada.
Viva o turismo rural.

Angel disse...

Parece que fui el último que intento la semana pasada encontrar la mamoa inexistente siguiendo unas indicaciones en la carretera, que de repente terminan, y nadie sabe nada. Lo lógico es que quitarn las placas.
Saludos
Angel Badajoz