sexta-feira, julho 24, 2009

História


Dou muitas vezes comigo a pensar em história.

Para mim o objectivo da vida tem muito a ver com fazer história. Marcar o nosso nome de uma maneira positiva e memorável... para quem me lê provavelmente isso foi-se tornando evidente..

É por isso que me faz tanta confusão pensar que podemos perder partes da história.. informação única.. pode um dia vir a desaparecer, antes ou após o desaparecimento da humanidade...

Mesmo que não desapareça já vi várias noticias que me deixaram incrédulo.. os primeiros filmes feitos já estão perdidos.. o material degradou-se e estão irrecuperáveis...

Pode parecer estúpido para muita gente, mas para mim faz confusão...

Pensei também que com a facilidade que actualmente um disco de computador tem de se estragar ou perder dados (quando falamos em grandes quantidades), já nem falo em CDs ou outras unidades do género que ainda são mais falíveis o que será mais seguro para guardar a informação da humanidade?

Cheguei a uma resposta, que pode ou não ser verdade, mas que me pareceu irónica.. papel.

Se enviarmos papel para o espaço, no vácuo, pelos meus conhecimentos limitados em física e química parece-me que serão mais resistentes no tempo do que um disco...

Dado que estão no vácuo não se degradarão.. no entanto algo como um disco está exposto a raios cosmicos que podem mudar bits ao longo do tempo...

No entanto.. como digo, penso com conhecimentos limitados, assim poderei estar a dizer uma barbaridade.

No entanto se estiver minimamente correcto é irónico...

...que o papel seja afinal o método mais viável de perdurar-mos...

Sem comentários: