domingo, novembro 01, 2009

Vilões




Há um diálogo do Matrix que nunca esqueci, enquanto o Neo conversa com o Arquitecto...

"The Architect: The first Matrix I designed was quite naturally perfect, it was a work of art, flawless, sublime. A triumph equaled only by its monumental failure. The inevitability of its doom is apparent to me now as a consequence of the imperfection inherent in every human being. Thus, I redesigned it based on your history to more accurately reflect the varying grotesqueries of your nature. However, I was again frustrated by failure. I have since come to understand that the answer eluded me because it required a lesser mind, or perhaps a mind less bound by the parameters of perfection. Thus, the answer was stumbled upon by another, an intuitive program, initially created to investigate certain aspects of the human psyche. If I am the father of the Matrix, she would undoubtedly be its mother."


Nesta frase o arquitecto explica ao Neo porque é que ele vive numa simulação imperfeita, onde morrem pessoas, onda há injustiças, onde nem toda a gente é ou pode ser feliz...

É curioso que pode parecer uma afirmação apenas cinematográfica.. mas a verdade é que parece-me que é muito mais.

Desde pequenos adoramos ver desenhos animados... curiosamente em quase todos, pelo menos nos que geralmente tem mais sucesso, existem sempre dois lados, um branco e um preto (como diria o Locke), uma força boa e uma má a lutarem.

Existe sempre um vilão, e um herói.

A existência de um herói necessita da existência de um vilão, sem um vilão ninguém seria herói.

Vemos aqueles desenhos animados, e identificamos-nos com o herói, (espero eu, uma identificação contrária pode ser... complexa), queremos lutar com o vilão, e ganhar.


Porque existirá esta necessidade tão primária de haver um lado branco e um preto...

... e será que ela existe mesmo?


3 comentários:

Mikael disse...

Este post fez-me lembrar um texto bem antigo que tinha no blog:

"A verdade por vezes ostenta uma face grotesca. Uma face que todos os espelhos julgam demasiado horrenda para reflectir.
Negra demais para ser percebida.
Tantas verdades.
A realidade do que sou agora...
...e do que já fui.
Como é que elas coexistem? Será que o presente é refém do passado?

..........................................Herói ou Canalha?
Santo ou Pecador?........................................
........................................Anjo ou Demónio?
Autêntico ou Impostor? ............................
...............................................Bom ou Mau?
Preto ou Branco? ..........................................
Não há espaço para tons de cinza?"

Abraço

Skysurfer disse...

São as duas forças que te habitam... o bem e o mal...

mp disse...

Carissimo,
já há uns tempos atrás pensei nisto, e digo-te..
1) não há branco
2) não há preto
3) porque nunca surgem 3 opções?..do tipo cinzento?..

Acho que as pessoas se limitam ao seu interesse, e, como tal, rires-te qd tens voltade, podes ser catalogado com um destes pensamentos:
1) bem, mas que pessoa divertida..que garagalhada tão espontânea
2) ri-se do nada, é um pouco maluco..podia disfarçar mais...
3) (e porque eu gosto sempre da terceira opção) ri-se porque lhe apeteceu ver a minha reação..

agora, posto isto numa escala de interesse, vejamos:
Situação: uma pessoa que se esforça no seu emprego, e outra que se esforça mais, e só um pode ficar com o cargo superior, pode suscitar este pensamento:
1) mereçeu, pois esforçou-se mais..é mais qualificado para isto, tem aquela naturalidade para este emprego
2) sacana...anda metido com o/a chefe..são muito amiguinhos..raios do mundo..
3) ignoro, tento na proxima, e esqueço este assunto, continuo a falar com os dois..

podem sempre surgir outro tipo de pensamentos, mas é aqui se surgem sentimentos, que as pessoas dizem controlar, tentam demonstrar outro tipo de identidade, enganam-se, enganam o outro..fingem-se, e aqui começa o vilão...e depois, essa pessoa que perdeu o emprego, so fica contente com virar heroi..

a pergunta não é, "Porque existirá esta necessidade tão primária de haver um lado branco e um preto...
... e será que ela existe mesmo?"
mas sim, "Porque haverá tanta gente no mundo, que se limita a se centrar em si, e nos sentimentos, e não tenta pensar numa 3a possibilidade, e será que ela existe mesmo?!..EXISTE, tens é de pensar nela..

(esta reposta, por si só já dava um post!)