domingo, novembro 11, 2012

Porque não gosto da ironia?


Este post devia ter o titulo "Porque é que racionalmente acho que a ironia é negativa, mas emotivamente as vezes deixo-me levar e a uso". 

A verdade é que este post é em si pelo timing ironico, dado que o último que fiz (ontem) usou em força de ironia. No entanto foi isso que me relembrou que não acho que o deva fazer frequentemente, alias acho que devo minimizar o uso da ironia a níveis residuais. 

E porquê? 

Simples, a ironia, na minha opinião é uma forma não só de dar opinião mas geralmente de realçar a nossa superioridade. Criamos a ideia que concordamos com uma ideia que a pessoa ou grupo para quem nos dirigimos por vezes concorda, para logo a seguir a ridicularizar. 

Poderia até ser uma visão pessoa da sua utilização, mas uma consulta à Wikipédia deu-me a seguinte definição: 

A ironia é um instrumento de literatura ou de retórica que consiste em dizer o contrário daquilo que se pensa, deixando entender uma distância intencional entre aquilo que dizemos e aquilo que realmente pensamos. Na Literatura, a ironia é a arte de zombar de alguém ou de alguma coisa, com vista a obter uma reacção do leitor, ouvinte ou interlocutor. - Wikipédia


Todo o ser humano quando se sente atacado, tenta proteger-se e creio que a ironia faz com que a pessoa ou pessoas para quem falamos em vez de sentirem o argumento como uma opinião sentem como um ataque inesperado. Logo se fecham em defesa ou contra-atacam como qualquer animal que se sente de subito encurralado sem estar à espera. 

O argumento perde em si parte da força pela conotação de superioridade que lhe damos. 

Se o objectivo era ridicularizar algo, tivemos sucesso.
Se o objectivo era realmente dar uma opinião a alguém, com o objectivo dela o ouvir e até poder mudar com ele, geralmente falhamos. 

A ironia que pode ter muita utilidade no humor, parece-me então uma forma fraca de dialogo ou de transmissão de ideias.



Embora as vezes emotivamente caio no erro de ser irónico. Como com todos os que a usam é num sentido de superioridade, achando que obviamente a minha visão, ideia ou mentalidade é a correcta. Parece-me racionalmente que é um erro profundo. Infelizmente vejo socialemente cada vez mais este estilo a ser usado...

4 comentários:

Vincent Silver disse...

Eu uso bastante a ironia, mas quando uso a ironia é suposto as pessoas perceberem isso e não para esconder os meus motivos ou a minha opinião. Quando quero dar uma opinião sou directo. Utilizo como forma de humor. Posso dizer que não concordo muito que a ironia seja negativa, apenas tem que ser utilizada na altura certa e não para falsidade.

Pedro Vicente disse...

Eu não sou radical relativamente ao uso da ironia. No humor a ironia é bastante útil.

O que me parece mais claro é que quando queremos dar uma opinião ou visão, a pessoa estará menos receptiva se usarmos ironia vs ser directo.

Vincent Silver disse...

Claro, nesse caso, quando é para passar uma mensagem, deve-se ser directo. Sou apologista de que uma pessoa deve ser directa, sou até sincero demais por vezes, mas isso faz parte de mim.

Anónimo disse...

A ironia que pode ter muita utilidade no humor, parece-me então uma forma fraca de dialogo ou de transmissão de ideias.



Embora as vezes emotivamente caio no erro de ser irónico. Como com todos os que a usam é num sentido de superioridade, achando que obviamente a minha visão, ideia ou mentalidade é a correcta. Parece-me racionalmente que é um erro profundo. Infelizmente vejo socialemente cada vez mais este estilo a ser usado...
(Escrito por Pedro Vicente)
*Gostei muito dessa parte, permita-me compartilhá-la. Muito bom... Obrigada!